• Construção
    20,8%
    20,5%
    19,6%
  • Serviços industriais de utilidade pública
    13,2%
    12,3%
    9,9%
  • Alimentos
    12,5%
    6,4%
    11,0%
  • Derivados de petróleo e biocombustíveis
    6,3%
    0,3%
    7,5%
  • Químicos
    5,2%
    1,3%
    6,5%
  • Veículos automotores
    4,3%
    0,1%
    5,4%
  • Extração de minerais metálicos
    3,7%
    6,5%
    3,4%
  • Metalurgia
    3,3%
    7,5%
    4,2%
  • Celulose e papel
    2,7%
    6,6%
    2,3%
  • Extração de petróleo e gás natural
    2,6%
    23,0%
    4,5%
  • Máquinas e equipamentos
    2,6%
    0,2%
    3,0%
  • Borracha e material plástico
    2,4%
    0,6%
    2,7%
  • Bebidas
    2,2%
    0,1%
    1,7%
  • Produtos de metal
    2,0%
    2,6%
    2,1%
  • Minerais não metálicos
    1,8%
    5,1%
    1,9%
  • Farmacêuticos
    1,7%
    ND
    2,8%
  • Máquinas e materiais elétricos
    1,5%
    1,2%
    1,6%
  • Informática, eletrônicos e ópticos
    1,5%
    0,0%
    1,4%
  • Vestuário
    1,4%
    0,7%
    1,1%
  • Couros e calçados
    1,1%
    0,2%
    0,5%
  • Têxteis
    1,1%
    0,1%
    1,0%
  • Manutenção e reparação
    1,1%
    1,4%
    1,3%
  • Outros equipamentos de transporte
    1,0%
    0,5%
    1,2%
  • Móveis
    0,8%
    0,6%
    0,6%
  • Produtos diversos
    0,8%
    0,2%
    0,9%
  • Madeira
    0,7%
    0,1%
    0,3%
  • Extração de minerais não-metálicos
    0,5%
    1,1%
    0,4%
  • Impressão e reprodução
    0,5%
    0,2%
    0,5%
  • Fumo
    0,4%
    ND
    0,3%
  • Atividades de apoio à extração de minerais
    0,3%
    0,5%
    0,6%
  • Extração de carvão mineral
    0,0%
    NE
    0,0%

Legenda:

NE: setor não existe no estado

ND: setor existe no estado, mas não é divulgado pelo IBGE

0,0%: setor com participação inferior a 0,05%